Skip to main content
Eu costumava viver dentro de uma caixa.

Permitia que o meu pouco à vontade com agulhas me impedisse de arranjar espaço na minha vida para ajudar.

Sou artista plástico e, por vezes, o trabalho confina-me ao meu espaço, um pequeno atelier na garagem de casa inventado por entre uma confusão de baús, estantes e caixotes de memórias que eu não queria ter guardadas longe de casa.

Efetivamente, eu passava imenso tempo na garagem. Mesmo não estando a trabalhar, lá estava eu a rever álbuns de fotografias, antigas coleções e pertences do meu pai, a minha forma de me manter perto dele.

Há uns tempos atrás a minha filhota teve uma complicação de saúde e precisou de receber algumas transfusões de sangue. Isto fez-me reavaliar grande parte da minha vida.

Depois do que aconteceu decidi guardar parte do recheio da garagem num mini-armazém e transformá-la num espaço onde a minha menina pudesse brincar à vontade, de modo também a que passássemos mais tempo juntos.

Na minha procura de soluções de armazenamento na zona de Lisboa, deparei-me com a KUBOO Self-Storage em Carnaxide, bastante próxima de minha casa, pelo que decidi fazer uma visita.

Qual não é o meu espanto quando, ao chegar às instalações, vejo que a KUBOO estava a organizar uma colheita de sangue e registo de dadores de medula- duvido que haja outro self-storage em Portugal a fazê-lo. Parecia obra do destino pelo que não pude continuar dentro da minha caixa!

Nesse mesmo dia, tornei-me cliente da KUBOO e fiz a primeira doação de sangue da minha vida! Afinal, uma unidade de sangue doado, são apenas 400ml que podem fazer toda a diferença.

Recentemente vim a descobrir que esta campanha da KUBOO arrecadou um prémio de responsabilidade social, distinção merecida por uma iniciativa tão nobre.

Parabéns KUBOO!